Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa tarde, Quinta Feira 21 de Outubro de 2021

Policia

Jovem corre com pescoço cortado, grita por socorro e morre na rua

EXECUÇÃO A FACADAS | 14/10/2021 09h 40min

Reprodução

Milene Natasha Soares de Freitas, 21 anos, foi assassinada a facadas no pescoço na madrugada desta quinta-feira (14), no bairro Vila Iguaçu, em Pontes e Lacerda-MT (448 km da Capital).

Populares teriam flagrado a ‘vítima’ correndo ferida na rua, gritando por socorro até cair inconsciente no cruzamento da Avenida Iguaçu com a Rua Alcântara.

O resgate do Corpo de Bombeiros foi acionado, encontrou a vítima com perfurações no pescoço e no braço, procedeu com atendimento de primeiros socorros e encaminhou a mulher para o Hospital Vale do Guaporé, mas Milene não resistiu e teria chegado sem vida à unidade de saúde.

Em seguida, o cadáver foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), onde passou por exame de necropsia, que determinará a causa clínica da morte.

A Polícia Militar (PM) foi acionada, isolou o local onde a ‘vítima’ foi encontrada e comunicou o fato à Delegacia de Polícia Civil e Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), responsáveis pelos procedimentos no andamento da ocorrência.

De acordo com as primeiras informações, populares teriam acionado a polícia após flagrar Milene correndo pela rua já ferida, gritando por socorro até cair num cruzamento e morrer na rua.

Ainda não há informações sobre quem teria a esfaqueado, circunstâncias e causas do crime.

A perícia analisou o perímetro que a mulher percorreu até o ponto em que caiu na rua para coletar evidências que determinem os fatos e ajuda a identificar o assassino.

Os investigadores acompanharam os trabalhos da perícia, colheram informações preliminares e deram início à apuração do caso.

 

Receba as informações do Site Lucas Notícias através do whatsapp:
Clique aqui para receber as notícias no seu celular.

Fonte:   RepórterMT